BRASIL CORACAO DO MUNDO PATRIA DO EVANGELHO PDF

Abandonado pelos parentes e antigos amigos poderosos, persiste contudo em sua nova e definitiva fase. Recebe dezenas de cartas de pessoas carentes. O caso mais famoso indubitavelmente foi o de Humberto de Campos. A Autora, D. Por que Portugal? O mar abundava de ostras, caranguejos lagostas e bacalhau.

Author:Nejinn Kigabei
Country:Myanmar
Language:English (Spanish)
Genre:Health and Food
Published (Last):16 January 2016
Pages:115
PDF File Size:16.34 Mb
ePub File Size:13.54 Mb
ISBN:490-7-62650-818-1
Downloads:26134
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Megal



Esclarecendo Jesus transplantou da Palestina para a regiгo do Cruzeiro a бrvore magnвnima do seu Evangelho, a fim de que os seus rebentos delicados florescessem de novo, frutificando em obras de amor para todas as criaturas.

Ao cepticismo da йpoca soarб estranhamente uma afirmativa desta natureza. O Evangelho? Nгo seria mera ficзгo de pensadores do Cristianismo o repositуrio de suas liзхes? Nгo foi apenas um cвntico de esperanзa do povo hebreu, que a Igreja Catуlica adaptou para garantir a coroa na cabeзa dos prнncipes terrestres? Nгo serб uma palavra vazia, sem significaзгo objetiva na atualidade do globo, quando todos os valores espirituais parecem descer ao "sepulcro caiado" da transiзгo e da decadкncia?

Mas, a realidade й que, nгo obstante todas as surpresas das ideologias modernas, a liзгo do Cristo aн estб no planeta, aguardando a compreensгo geral do seu sentido profundo. Sobre ela, levantaram-se filosofias complicadas e as mais extravagantes teorias salvacionistas. Em seu favor, muitos milhares de livros foram editados e algumas guerras ensangьentaram o roteiro dos povos.

Entretanto, a sublime exemplificaзгo do Divino Mestre, na sua expressгo pura e simples, sу pede a humildade e o amor da criatura, para ser devidamente compreendida. Do seu entendimento decorre aquele "Reino de Deus" em cada coraзгo, de que falava o Senhor nas suas meigas pregaзхes do Tiberнades - reino de amor fraternal, cuja luz й o ъnico elemento capaz de salvar o mundo, que se encaminha para os desfiladeiros da destruiзгo. E os verdadeiros aprendizes, os crentes sinceros no poder e na misericуrdia do Senhor, esperam, com os seus labores obscuros, o advento da cristianizaзгo da humanidade, quando os homens, livres de todos os sнmbolos sectбrios de separatividade, podem entender, integralmente, as maravilhas ocultas da obra cristг.

Nas suas dolorosas provaзхes dos tempos modernos, quando quase todos os valores morais sofrem o insulto da mais ampla subversгo, esses espнritos herуicos e humildes sabem, na sua esperanзa e na sua crenзa, que, se Deus permite a prбtica de tantos absurdos, por parte dos poderosos da Terra, que se embriagam com o vinho da autoridade e da ambiзгo, й que todas essas lutas nada mais representam do que experiкncias penosas, por abreviar a compreensгo geral das leis divinas no porvir.

E, serenos na sua resignaзгo e na sua sinceridade, conhecem, ainda, que as liзхes do Evangelho nгo sгo sнmbolos mortos e aguardam, cheios de confianзa no mundo espiritual, a alvorada luminosa do renascimento humano.

Nessa abenзoada tarefa de espiritualizaзгo, o Brasil caminha na vanguarda. O material a empregar nesse serviзo nгo vem das fontes de produзгo originariamente terrena e sim do plano invisнvel, onde se elaboram todos os ascendentes construtores da Pбtria do Evangelho. Estas pбginas modestas constituem, pois, uma contribuiзгo humilde а elucidaзгo da histуria da civilizaзгo brasileira em sua marcha atravйs dos tempos.

Tкm por ъnico objetivo provar a excelкncia da missгo evangйlica do Brasil no concerto dos povos e que, acima de tudo, todas as suas realizaзхes e todos os seus feitos, forros de miserбveis trofйus das glуrias sanguinolentas, tiveram suas origens profundas no plano espiritual, de onde Jesus, pelas mгos carinhosas de Ismael, acompanha desveladamente a evoluзгo da pбtria extraordinбria, em cujos cйus fulguram as estrelas da cruz.

Sгo elas, ainda, um grito de fй e de esperanзa aos que estacionam no meio do caminho. Ditadas pela voz de quem jб atravessou as estradas poeirentas e tristes da Morte, dirigem-se aos meus companheiros e irmгos da mesma comunidade e da mesma famнlia, exclamando: - Brasileiros, ensarilhemos, para sempre, as armas homicidas das revoluзхes! Consideremos o valor espiritual do nosso grande destino! Engrandeзamos a pбtria no cumprimento do dever pela ordem, e traduzamos a nossa dedicaзгo mediante o trabalho honesto pela sua grandeza!

Consideremos, acima de tudo, que todas as suas realizaзхes hгo de merecer a luminosa sanзгo de Jesus, antes de se fixarem nos bastidores do poder transitуrio e precбrio dos homens! Nos dias de provaзгo, como nas horas de venturas, estejamos irmanados numa doce alianзa de fraternidade e paz indestrutнvel, dentro da qual deveremos esperar as claridades do futuro.

Nгo nos compete estacionar, em nenhuma circunstвncia, e sim marchar, sempre, com a educaзгo e coma fй realizadora, ao encontro do Brasil, na sua admirбvel espiritualidade e na sua grandeza imperecнvel! Humberto Campos. Desde as pregaзхes de Pedro, o Eremita, atй a morte do Rei Luнs IX, diante de Tъnis, acontecimento que colocara um dos derradeiros marcos nas guerras das Cruzadas, as sombras da idade medieval confundiram as liзхes do Evangelho, ensangьentando todas as bandeiras do mundo cristгo.

Foi apуs essa йpoca, no ъltimo quartel do sйculo XIV, que o Senhor desejou realizar uma de suas visitas periуdicas а Terra, a fim de observar os progressos de sua doutrina e de seus exemplos no coraзгo dos homens. Anjos e Tronos lhe formavam a corte maravilhosa. Dos cйus а Terra, foi colocando outro sнmbolo da escada infinita de Jacob, formado de flores e de estrelas cariciosas, pod onde o Cordeiro de Deus transpфs as imensas distвncias, clarificando os caminhos cheios de trevas.

Mas, se Jesus vinha do coraзгo luminoso das esferas superiores, trazendo nos olhos misericordiosos a visгo dos seus impйrios resplandecentes e na alma profunda o ritmo harmonioso dos astros, o planeta terreno lhe apresentava ainda aquelas mesmas veredas escuras, cheias da lama da impenitкncia e do orgulho das criaturas humanas, e repletas dos espinhos da ingratidгo e do egoнsmo. Embalde seus olhos compassivos procuraram o ninho doce do seu Evangelho; em vгo procurou o Senhor os remanescentes da obra de um de seus ъltimos enviados а face do orbe terrestre.

No coraзгo da Umbria haviam cessado os cвnticos de amor e de fraternidade cristг. De Francisco de Assis sу haviam ficado as tradiзхes de carinho e de bondade; os pecados do mundo, como novos lobos de Gъbio, haviam descido outra vez das selvas misteriosas das iniqьidades humanas, roubando аs criaturas a paz e aniquilando-lhes a vida.

Por toda parte й a luta fratricida, como polvo de infinitos tentбculos, a destruir todas as esperanзas; recomendei-lhes que se amassem como irmгos, e vejo-os em movimentos impetuosos, aniquilando-se uns aos outros como Cains desvairados. Sobretudo, devemos considerar que os prнncipes cristгos, empreendendo as iniciativas daquela natureza, guardavam a nobre intenзгo de velar pela paisagem deliciosa dos Lugares Santos.

Em todas as partes do mundo, por mais recфnditas que sejam, paira a bкnзгo de Deus, convertida na luz e no pгo de todas as criaturas. Era preferнvel que Saladino guardasse, para sempre, todos os poderes temporais na Palestina, a que caнsse um sу dos fios de cabelo de um soldado, numa guerra incompreensнvel por minha causa, que, em todos os tempos, deve ser a do amor e da fraternidade universal.

E, como se a sua vista devassasse todos os mistйrios do porvir, continuou: - Infelizmente, nгo vejo senгo o caminho do sofrimento para modificar tгo desoladora situaзгo. Aos feudos de agora, seguir-se-гo as coroas poderosas e, depois dessa concentraзгo de autoridade e de poder, serгo os embates da ambiзгo e a carnificina da inveja e da felonia, pelo predomнnio do mais forte. A amargura divina empolgara toda a formosa assemblйia de querubins e arcanjos.

Foi quando Helil, para renovar a impressгo ambiente, dirigiu-se a Jesus com brandura e humildade: - Senhor, se esses povos infelizes, que procuram na grandeza material uma felicidade impossнvel, marcham irremediavelmente para os grandes infortъnios coletivos, visitemos os continentes ignorados, onde espнritos jovens e simples aguardam a semente de uma vida nova.

Nessas terras, para alйm dos grandes oceanos, poderнeis instalar o pensamento cristгo, dentro das doutrinas do amor e da liberdade. E a caravana fulgurante, deixando um rastro de luz na imensidade dos espaзos, encaminhou-se ao continente que seria, mais tarde, o mundo americano. O Senhor abenзoou aquelas matas virgens e misteriosas. Enquanto as aves lhe homenageavam a inefбvel presenзa com seus cantares harmoniosos, as flores se inclinavam nas бrvores ciclуpicas, aromatizando-lhe as eterizadas sendas.

O perfume do mar casava-se ao oxigкnio agreste da selva bravia, impregnando todas as coisas de um elemento de forзa desconhecida. No solo, eram os silvнcolas humildes e simples, agurdando uma era nova, com o seu largo potencial de energia e bondade.

Cheio de esperanзas, emociona-se o coraзгo do Mestre, contemplando a beleza do sublimado espetбculo. E, quando no seio da paisagem repleta de aromas e de melodias, contemplavam as almas santificadas dos orbes felizes, na presenзa do Cordeiro, as maravilhas daquela terra nova, que seria mais tarde o Brasil, desenhou-se no firmamento, formado de estrelas rutilantes, no jardim das constelaзхes de Deus, o mais imponente de todos os sнmbolos.

Mгos erguidas para o Alto, como se invocasse a bкnзгo de seu Pai para todos os elementos daquele solo extraordinбrio e opulento, exclama entгo Jesus: - Para esta terra maravilhosa e bendita serб transplantada a бrvore do meu Evangelho de piedade e de amor. No seu solo dadivoso e fertilнssimo, todos os povos da Terra aprenderгo a lei da fraternidade universal.

Sob estes cйus serгo entoados os hosanas mais ternos а misericуrdia do Pai Celestial. Instalaremos aqui uma tenda de trabalho para a naзгo mais humilde da Europa, glorificando os seus esforзos na oficina de Deus.

Aproveitaremos o elemento simples de bondade, o coraзгo fraternal dos habitantes destas terras novas, e, mais tarde, ordenarei a reencarnaзгo de muitos Espнritos jб purificados no sentimento da humildade e da mansidгo, entre as raзas oprimidas e sofredoras das regiхes africanas, para formarmos o pedestal de solidariedade do povo fraterno que aqui florescerб, no futuro, a fim de exaltar o meu Evangelho, nos sйculos gloriosos do porvir. Aqui, Helil, sob a luz misericordiosa das estrelas da cruz, ficarб localizado o coraзгo do mundo!

Consoante a vontade piedosa do Senhor, todas as suas ordens foram cumpridas integralmente. Daн a alguns anos, o seu mensageiro se estabelecia na Terra, em , como filho de D. Filipa de Lencastre, e foi o herуico Infante de Sagres, que operou a renovaзгo das energias portuguesas, expandindo as suas possibilidades realizadoras par alйm dos mares.

O elemento indнgena foi chamado a colaborar na edificaзгo da pбtria nova; almas bem-aventuradas pelas suas renъncias se corporificaram nas costas da Бfrica flagelada e oprimida e, juntas a outros Espнritos em prova, formaram a falange abnegada que veio escrever na Terra de Santa Cruz, com os seus sacrifнcios e com os seus sofrimentos, um dos mais belos poemas da raзa negra em favor da humanidade.

Foi por isso que o Brasil, onde confraternizam hoje todos os povos da Terra e onde serб modelada a obra imortal do Evangelho do Cristo, muito antes do Tratado de Tordesilhas, que fincou as balizas das possessхes espanholas, trazia jб, em seus contornos, a forma geogrбfica do coraзгo do mundo. Seus maiores eventos puramente polнticos nгo deixaram, no entanto, de ser acompanhados pelos mensageiros do Bem, objetivando a tranqьilidade comum e a evoluзгo geral.

Todavia, com o grande feito de 15 de Novembro de , terminamos este esforзo, б guisa de histуria. Outros, por certo, consultando as razхes dos fatos relacionados no tempo, poderгo apresentar trabalho mais pormenorizado e melhor, no domнnio dos estudos transcendentes do psicуlogo e do historiador, onde se emaranham as causas profundas dos menores acontecimentos, englobando as atividades de quantos, ainda encarnados, se encontram em evidкncia no paнs e sгo suscetнveis de apresentar, de futuro, mais amplos esclarecimentos.

Nosso objetivo, trazendo alguns apontamentos а histуria espiritual do Brasil, foi tгo-somente encarecer a excelкncia da sua missгo no planeta, demonstrando, simultaneamente, que cada naзгo, como cada indivнduo, tem sua tarefa a desempenhar no concerto dos povos. Todas elas tкm seus ascendentes no mundo invisнvel, de onde recebem a selva espiritual necessбria а sua formaзгo e conservaзгo.

E um dos fins principais do nosso esforзo foi examinar, aos olhos de todos, a necessidade da educaзгo pessoal e coletiva, no desdobramento de todos os trabalhos do paнs. Porque, a realidade й que o Brasil, na sua situaзгo especialнssima e com o seu patrimфnio imenso de riquezas, nгo poderб insular-se do resto do mundo ou acastelar-se na sua posiзгo de Pбtria do Evangelho, embora a йpoca seja de autarquias detestбveis, neste perнodo de decadкncia e transiзгo de todos os sistemas sociais.

O maior problema й o da educaзгo nacional, para que os filhos das outras terras, necessбrios e indispensбveis ao progresso econфmico da naзгo, nгo se sintam dispostos a reviver, no Brasil, as taras de suas antigas organizaзхes e sim, absorvidos no cнrculo espiritual do paнs do Evangelho, possam integrar as suas fileiras de fraternidade e evoluзгo. Apesar da recente filosofia do "bastar-se a si mesmo", nenhum paнs do mundo pode viver independente da comunidade internacional.

Toda a grandeza material de um povo repousa na regularidade dos fenфmenos de troca e todas as guerras, quase sempre, tкm origem na desarmonia do comйrcio entre as naзхes.

No Brasil, a chamada contribuiзгo estrangeira й indispensбvel; e o ъnico recurso, contra a incursгo do elemento nocivo ou ameaзador da estabilidade das instituiзхes brasileiras, й a educaзгo ampla do povo, em cujos labores sagrados deveriam viver todos os programas do bom nacionalismo.

Se muitas escolas existem no Sul, onde somente se ensina o idioma alemгo, em muitos casos й porque os professores do Brasil nгo se decidiram a enfrentar as surpresas da regiгo, a fim de zelarem pelo patrimфnio intelectual dos novos operбrios da pбtria.

Se algumas dezenas de agrфnomos vieram diretamente de Tуquio para os riquнssimos vales do Amazonas, й que os agrфnomos brasileiros nгo se animaram a trabalhar no sertгo hostil, receosos do sacrifнcio. Entretanto, nгo faltaram espнritos abnegados e corajosos, no seio do povo fraterno que floresce no coraзгo geogrбfico do mundo, ansiosos por participarem da grande obra construtiva de organizaзгo cultural e econфmica da terra em que se desenvolvem numa grande tarefa de amor, se os ambientes universitбrios, com as suas habilitaзхes oficiais, nгo estivessem abertos somente а aristocracia do ouro.

A palavra de um mestre custa uma fortuna, apenas suscetнvel de ser remunerada pelas famнlias mais abastadas e mais favorecidas, e nem sempre nesses ambientes confortбveis se encontram as almas apaixonadas pela luta em prol do progresso comum. Nesta йpoca de confusгo e amargura, quando, com as mais justas razхes, se tem, por toda parte, a triste organizaзгo do homem econфmico da filosofia marxista, que vem destruir todo o patrimфnio de tradiзхes dos que lutaram e sofreram no pretйrito da humanidade, as medidas de repressгo e de seguranзa devem ser tomadas a bem das coletividades e das instituiзхes, a fim de que uma onda inconsciente de destruiзгo e morticнnio nгo elimine o altar de esperanзas da pбtria.

Que o capitalismo, visando а prуpria tranqьilidade coletiva, seja chamado pelas administraзхes ao debate, a incentivar com os seus largos recursos a campanha do livro, do saneamento e do trabalho, em favor da concуrdia universal. Nгo nos deteremos a falar, depois da Repъblica, de quantos se encontram ainda no cenбculo das atividades e dos feitos do paнs, porquanto semelhante aзгo de nossa parte constituiria uma intervenзгo indйbita nas iniciativas e empreendimentos dos "vivos".

Jesus, que й a suprema personificaзгo de toda a misericуrdia e de toda a justiзa, auxiliarб a cada qual, no desdobramento dos seus esforзos para a glуria da nacionalidade. Todas as fуrmulas humanas, dentro das concepзхes que exprimam, por mais alevantadas que se afigurem, sгo perecнveis e transitуrias.

A polнtica sofrerб, no curso dos sйculos, as alternativas do direito da forзa e da forзa do direito, atй que o planeta possa atingir relativa perfeiзгo social, coma cultura generalizada. A Ciкncia, como a Filosofia e as escolas sectбrias, viverб entre dъvidas e vacilaзхes, assentando seus feitos na areia instбvel das convenзхes humanas. Sу o legнtimo ideal cristгo, reconhecendo que o reino de Deus ainda nгo e deste mundo, poderб, com a sua esperanзa e o seu exemplo, espiritualizar o ser humano, espalhando com os seus labores e sacrifнcios as sementes produtivas na construзгo da sociedade do futuro.

Conhecedores dessa grande verdade, supliquemos a Jesus se digne derramar do orvalho de seu amor sobre os vermes da Terra. Que as falanges de Ismael possam, aliadas a quantos se desvelam pela sua obra divina, reunir o material disperso e que a Pбtria do Evangelho mais ascenda e avulte no concerto dos povos, irradiando a paz e a fraternidade que alicerзam, indestrutivelmente, todas as tradiзхes e todas as glуrias do Brasil.

ESFINTER ESOFAGICO INFERIOR HIPERTENSO PDF

Brasil: Coração do Mundo, Pátria do Evangelho

.

BREVE HISTORIA DEL URBANISMO CHUECA GOITIA PDF

Brasil_Coracao_do_Mundo_Patria_do_Evangelho

.

GRUNDFOS UPS 15-50 MANUAL PDF

Chico Xavier – livro 006 – 1938 – Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho – download e-book

.

GAPO LUALHATI BAUTISTA PDF

Brasil, coração do mundo pátria do evangelho

.

Related Articles